Home

Últimas Notícias

Partido Comunista Chinês obriga igrejas a fazerem doações para não permanecerem fechadas

Nenhum comentário MUNDO CRISTÃO

Partido Comunista Chinês obriga igrejas a fazerem doações para não permanecerem fechadas

O Partido Comunista Chinês (PCC) vem dissuadindo as igrejas a fazerem doações alegando que os recursos servirão para ajudar projetos sociais. Agora, exige que os líderes religiosos contribuam para o “fundo de auxílio ao coronavírus”, ou as igrejas não poderão reabrir após o bloqueio.

Um diretor da Igreja Three-Self de Heze, uma cidade na província de Shandong, explicou que as “igrejas estatais” também são instruídas a coletar dinheiro para as áreas afetadas por coronavírus.

Ele acrescentou que funcionários do Departamento de Assuntos Religiosos locais ameaçavam fechar muitas igrejas se elas não doassem.

Em fevereiro, as autoridades da cidade de Zhangcun, administradas pela cidade de Dengzhou, na província central de Henan, emitiram cotas de doações que variam de 4.000 a 10.000 RMB (entre US$ 560 e 1.400) às igrejas Three-Self.

As congregações não estavam dispostas a dar dinheiro ao governo e quiseram depositar suas contribuições diretamente nas contas bancárias das vítimas da pandemia. Mas funcionários dos departamentos de assuntos religiosos recusaram.

Em 3 de fevereiro, algumas igrejas Three-Self em Xianju, um condado administrado pela cidade de Taizhou, na província oriental de Zhejiang, receberam avisos do governo local e dos Dois Conselhos Cristãos Chineses, exigindo que cada membro da congregação doasse 100 RMB (cerca de US$ 14 ) para Wuhan, o epicentro do surto de coronavírus.

Idosos também têm de doar

"Os frequentadores da igreja na cidade de Hangzhou, em Zhejiang, também foram forçados a doar", explicou um diretor da igreja Three-Self na cidade. “Alguns membros idosos da congregação moram sozinhos e não têm fontes de renda, mas também são forçados a dar dinheiro.”

As igrejas na China também são exploradas em horários regulares, não apenas durante uma pandemia. Elas são forçadas a contribuir para o alívio da pobreza ou para outros projetos de "caridade" do governo.

"No ano passado, o Departamento de Assuntos Religiosos exigiu que arrecadássemos dinheiro para consertar um escorregador no jardim de infância", disse um diácono de uma igreja Three-Self na cidade de Zhumadian, em Henan, ao Bitter Winter.

“Os departamentos governamentais pedem doações para caridade todos os anos. Se recusarmos, nossa igreja será fechada”, continua.

Do site GUIA-ME

LEIA TAMBÉM

Total
1
Share