Home

Últimas Notícias

Mulheres visitam casas no interior da Bahia para incentivar crianças a estudar a Bíblia

Nenhum comentário MUNDO CRISTÃO

Mulheres visitam casas no interior da Bahia para incentivar crianças a estudar a Bíblia

Segurando um cartaz com os dizeres “Correio do Amor”, Edileusa de Jesus Nunes visitou crianças que moram na zona rural do Povoado de Itatiaia, em Capim Grosso, na Bahia, município a 272 km de Salvador. Essa foi a forma que ela encontrou para incentivar os pequenos a estudar a Bíblia.

Edileusa é diretora do Ministério da Criança da Igreja Adventista do Sétimo Dia. No último sábado (27), ela percorreu 12 km na garupa de uma moto e visitou 54 crianças.

Assim como Edileusa, outras professoras do ministério infantil se vestiram de carteiras e visitaram famílias para levar uma cartinha com uma mensagem de afeto e presentes de incentivo para o estudo da Palavra de Deus. Só no sábado, foram cerca de 250 crianças atendidas no norte da Bahia pelas líderes do ministério.

“Foi gratificante reencontrar as crianças e ouvir elas dizerem que estavam com saudade da igreja, bem como ver a retribuição dos pais, dizendo que estavam com saudade do ministério e dos professores”, disse Edileusa.

Mesmo sem abraços e mantendo a distância, as famílias isoladas em suas casas, devido a pandemia da Covid-19, se emocionaram com as visitas. Muitos que foram alcançados pela ação não têm acesso à internet ou mesmo ao WhatsApp.


Em outras áreas da Bahia e de Sergipe, líderes realizaram um tipo de visita para levar o culto das crianças até a porta das casas (Foto: Divulgação)

O projeto Correio do Amor foi uma iniciativa de Rosana dos Santos Magalhães, responsável pelo ministério infantil no distrito de Senhor do Bonfim, na Bahia.

A ação inspirou Marciley Melros, que está à frente do Ministério da Criança da Associação Bahia Norte, que incentivou as líderes dos demais municípios. Até o momento, 327 famílias já foram visitadas.

“Creio que será uma rede de apoio às crianças. Colocamos o desafio para que, quando a criança receber a carta, retribua a ação escrevendo outra correspondência, para alguém que ela escolher”, explica Marciley.

Além do Correio do Amor, líderes do Ministério da Criança realizaram estudos bíblicos com os pequenos em locais abertos. As visitas aconteceram respeitando as medidas de proteção contra o coronavírus.

Do site GUIA-ME

LEIA TAMBÉM

Total
1
Share