Home

Últimas Notícias

Homem é curado de úlcera grave após viagem missionária e oração de pastores no Haiti

Nenhum comentário MUNDO CRISTÃO

Homem é curado de úlcera grave após viagem missionária e oração de pastores no Haiti

Por não acreditar muito em oração, Roy Davidson recusou quando alguns homens em uma viagem missionária se ofereceram para orar pelas fortes dores que ele sentia devido às úlceras.

Para Roy, aquelas pessoas que queriam orar por ele eram “apenas pessoas comuns”. Por isso ele pensou: "Como eles poderiam curar alguém?".

Roy conta que as dores eram sua companheira constante desde os 31 anos de idade, quando ele foi diagnosticado com úlceras estomacais que não podiam ser operadas e ainda, se não controladas, poderiam ser fatais.

“Eu trabalhava com dor. Eu dormia com dor. Eu comia com dor. Festejava com dor. Vivia com dor”, relata Roy. "Onde quer que estivesse, eu estava com dor."

A doença fez com que Roy deixasse seu trabalho corporativo, por causa do estresse.

Durante sua busca por uma vida tranquila, ele fez uma viagem missionária ao Haiti. Foi quando as úlceras explodiram mais do que nunca.

"Eu não poderia ir trabalhar. Eu não conseguia andar. A dor era como uma faca me cortando. Era uma dor insuportável”, lembra ele. "Os médicos me disseram que, se não pudessem controlar o sangramento, se não conseguissem controlar as úlceras, uma condição como essa poderia ser fatal. Aquilo poderia me matar”.

Foi nessa situação que alguns homens que estavam com ele na viagem e os pastores locais fizeram oração por sua saúde.

Roy conta que acreditava em Deus, mas era cético sobre a intervenção direta e pessoal de Deus através da oração.

"Para ser sincero", admite Roy, "não lhes dei crédito suficiente".

Experiência com Deus

Após dois dias de piora dos sintomas, os homens voltaram a orar.

Roy conta que um pastor haitiano pegou um pouco de óleo de cozinha para ungi-lo, uma atitude que Roy associou à superstição.

“Eles vão me ungir com óleo de cozinha!", zombou.

Mas depois que ele foi ungido na testa com o óleo, algo aconteceu, lembra.

"A sala inteira começou a girar, comecei a ficar tonto e não consegui ver nada", diz ele. “Eu podia ouvi-los. Todos estavam orando em línguas. Então, de repente, me vi no canto da sala”.

Roy acordou horas depois. Ele não sentia mais dores.

"Meu estômago estava estranho, mas não doía", lembra ele. "Percebi que não estava sangrando naquele dia e não estava sentindo dor realmente. As dores haviam desaparecido”.

Quando ele voltou para os EUA foi ao médico e, para sua surpresa, o médico também ficou surpreso com o que encontrou.

Antes o relatório do médico era de doença péptica, mas tudo mudou.

"Não há mais nada em seu estômago", disse o Dr. John Eckrich. “Quero dizer, basicamente parecia normal. O que eu pensei que era estranho e ainda faço, eu realmente nem encontrei alguns dos tecidos da cicatriz que estavam lá anteriormente.”

Roy, que vive sem úlceras e sem dor há 13 anos, compartilha seu testemunho e o poder curador de Deus.

"Deus escolheu fazer as coisas por mim e se revelar para mim e realizar milagres em mim", diz Roy. "Você nunca sabe quando ele vai se mudar ou quando ele fará algo. Eu não conseguia falar o suficiente ou testemunhar o suficiente sobre Deus e o que Ele faz ou o que pode fazer. E minha vida tem sido apenas uma alegria desde então.”

Do site GUIA-ME

LEIA TAMBÉM

Total
1
Share