Home

Últimas Notícias

Atleta conta como venceu o vício em pornografia: “Jesus me trouxe de volta”

Nenhum comentário MUNDO CRISTÃO

Atleta conta como venceu o vício em pornografia: “Jesus me trouxe de volta”

O jogador de futebol americano, Ben Roethlisberger, falou no sábado (20) sobre sua luta contra os vícios em álcool e pornografia durante uma conferência virtual para homens.

“Eu cheguei no fundo do poço”, disse o quarterback do Pittsburgh Steelers, um time de futebol americano da Pensilvânia. “Eu fui viciado em álcool e pornografia, o que não me tornou o melhor marido, nem o melhor pai, nem o melhor cristão que poderia ser”.

O atleta de 38 anos participou da conferência ManUp Pittsburgh, que ensina os homens a serem líderes tementes a Deus para suas famílias. Ele aproveitou a oportunidade para aconselhar homens que lutam com vícios.

“Você precisa entender que pode se livrar disso por causa da graça de Deus”, disse Roethlisberger. “Ele está dizendo: ‘Olha, você é bom o suficiente para mim do jeito que é’”.

Roethlisberger disse que cresceu na igreja, frequentava os cultos de domingo e tinha seus pais como referências cristãs. Mas ele lutou em sua fé depois de ingressar no mundo do futebol na Universidade de Miami, em Ohio.

Roethlisberger foi o quarterback do time de futebol da faculdade de 2001 a 2003 e foi convocado pelos Pittsburgh Steelers, Draft da NFL (National Football League), em 2004.

Ele disse que não estava preparado para lidar com o dinheiro e a fama que o levou a ser destaque no Super Bowl. O atleta lembra que não era “um cristão tão forte” quando foi para a faculdade.

“Não é que eu tenha parado de crer, mas eu não estava não afiando minhas habilidades, não estava lendo a Bíblia”, disse ele. “Ainda estava orando de vez em quando, mas eu não era um cristão tão forte na faculdade como gostaria de ter sido, como minha esposa”.

“Então, quando você chega na NFL, acontece a mesma coisa. Você vai para uma nova cidade e agora existe essa nova fama e todas essas coisas estão vindo para você”, continuou.

Foi o casamento com sua esposa, Ashley Harlan, em 2011, que trouxe Deus de volta ao centro da vida de Roethlisberger. Três anos atrás, ele foi batizado e começou uma nova vida com Cristo.

“Fui batizado quando bebê, mas não tomei essa decisão”, conta. “Eu senti que precisava fazer isso. Eu queria ter uma caminhada mais próxima, um relacionamento melhor com Jesus, com minha esposa, com meus filhos, minha família, me tornar uma pessoa melhor”.

“Foi Jesus quem me trouxe de volta a Ele. Sou muito grato por isso, porque me sinto um cristão melhor, um marido e um pai melhor, por causa do Seu perdão por mim”, acrescenta.

Hoje, Roethlisberger se preocupa mais em ser um “cristão melhor” do que um atleta melhor. E isso, ele destaca, começa na Bíblia. “Nem sempre é fácil. As pessoas não percebem que nós atletas, somos humanos. Nós pecamos como todo mundo. Nós cometemos erros. Ficamos viciados em coisas. Nós pecamos”, disse.

Do site GUIA-ME

LEIA TAMBÉM

Total
1
Share